Publicado em Bebê, Ciúme, Criança, Maternidade

Ciúme do irmão mais novo: minha experiência e dicas de como lidar

A chegada do segundo filho deixa a rotina materna mais agitada pois, além dos trabalhos maternos duplicados, temos que lidar com um comportamento do filho mais velho chamado: ciúme do irmão mais novo.

O ciúme do irmão mais novo, geralmente acontece quando se tem dois filhos com pouca diferença de idade e exige cuidados e paciência para que o mais velho não se sinta deixado de lado.

 Irmão mais velho com ciúme do irmão mais novo

Quando nasce um irmão, é comum os pais e, principalmente a mãe, dedicar um pouco mais de seu tempo ao novo morador da casa, que necessita de muitos cuidados nesse primeiro momento. É aí que começam os problemas: o ciúme do irmão mais novo.

O irmão mais velho se vê de lado em relação ao outro e, apesar de muitas vezes não expressar em palavras, suas atitudes demonstram exatamente o que sente. O ciúme do irmão mais novo pode causar comportamentos que a criança já havia deixado de ter como: falar como um bebê, querer mamar no peito, dormir no berço dentre outras.

 

Irmão mais velha com ciúme

Leia também:

Brincando em casa: atividades lúdicas para as crianças

Minha Experiência 

Quando fiquei grávida do Lucas, o irmão mais novo, o Filipe tinha 2 anos. Conforme a barriga foi crescendo, o Filipe foi sendo preparado. Conversando com ele, brincando, dizendo que ele iria ter um irmãozinho, mas ele ainda não entendia muito bem. Quando o Lucas nasceu, ele foi me visitar no hospital, até ai tudo bem. Quando chegamos em casa ele começou com comportamentos como: querer ficar no carrinho, colo, tomar banho na banheira. Também me disse que era para eu devolver o bebê para o hospital, kkkkk.

Conforme o Lucas foi crescendo, o Filipe queria tudo o que ele tinha. Não queria dividir brinquedos, se a comida era colocada no potinho ele também queria. Conforme o irmão mais novo ia aprendendo a falar, o irmão mais velho queria imitar. Portanto ficava “falando igual criancinha”.

Como nós  procedemos

Com o passar do tempo o ciúme foi diminuindo, porém levou cerca de dois anos. Algumas coisas que ele queria fazer igual o irmão mais novo fazia, nós deixávamos. Por exemplo: queria tomar banho na banheira, tomava o banho na banheira. Queria colo, dávamos colo. Procedendo dessa forma, o irmão mais velho foi deixando de querer as coisas que o irmão mais novo fazia.

A questão da fala demorou um pouco mais para deixar de falar igual bebê. Na verdade, até hoje, de vez em quando, o irmão mais velho imita o irmão mais novo na fala. Como nós procedemos? Dizemos a ele que, o irmão mais novo fala daquela forma porque ele ainda não sabe falar direito, mas conforme ele vai crescendo ele vai aprender a falar igual o irmão mais velho.

 

ciúme do irmão mais novo

Leia também:

Gravidez: produtos necessários para os cuidados com a pele

Planejando a gravidez? Veja 10 cuidados necessários antes de engravidar

Palavra do profissional da saúde

Para a psicóloga e psicanalista Lidia Rosenberg Aratangy, o ciúme é mais do que normal e dele não há como escapar. “Vamos deixar claro que o irmão tem todo o direito de ter ciúmes. É um sentimento absolutamente esperado e natural. Imagine se um dia seu marido chega e lhe diz ‘vou trazer uma outra mulher para morar conosco. Ela vai deitar do outro lado da cama, vai brincar com suas coisas, mas não irá tomar o seu lugar. Eu vou continuar te amando da mesma maneira’. Os pais tendem a dizer mais ou menos isso na chegada de um irmãozinho. Dá para imaginar o que ele sente?”

Leia também:

Receita de mini pizza com chocolate: para as crianças fazerem na férias

 

 ciúme do irmão mais novo

 

Amenizando o ciúme

Para as mães que estão enfrentando esse problema, Lidia ensina como lidar com a situação de maneira mais leve:

  • Na hora de apresentar o irmão mais novo, não é preciso fazer grandes cerimônias, afinal o bebê já está sendo esperado e o assunto, comentado há tempos.

  • Envolva o irmão mais velho na rotina do recém-nascido. Esse envolvimento deve ser de verdade, ou seja, passe algumas tarefas que ele consiga fazer.

  • O ciúme faz parte da natureza humana. Tentar desqualificar o que a criança sente não é indicado. É importante que se fale sobre isso, inclusive, até para saber como a criança se sente.

  • Deixar o irmão mais velho perceber o quanto o bebê é frágil e, principalmente, um pouco “desinteressante” – ele não fala, não anda – é uma boa estratégia. Ou seja, é preciso realçar as vantagens que o irmão mais velho tem por ser maior.

  • Procure não exagerar nessa questão do ciúme e do sofrimento, pois, mesmo com os desafios, ter um irmão é muito bom. Filmes e contos sobre o tema podem ilustrar e ajudar a lidar.

  • É importantíssimo conseguir tempo para o irmão mais velho. Organize-se com o seu parceiro ou peça para outras pessoas da sua rede de apoio ficarem com o bebê para você poder fazer coisas que sempre fez com o maior.

 

ciúme do irmão mais novo

Leia também:

Cabelo de menina: como lavar e cuidar

Fonte:

https://www.natura.com.br/blog/familia/como-lidar-com-o-ciume-do-irmao-mais-novo?consultoria=jupaiva

Gostou das dicas? Deixe um comentário.

Um abraço e até logo!

Me siga no Instagram: @blog_da_jupaiva

 

Publicado em Bebê, Cabelos, Cabelos de crianças, Criança

Cabelo de menina: como lavar e cuidar

Os cabelos e o ouro cabeludo das crianças são muito delicados desde o nascimento e, portanto, necessitam de cuidados e uso de produtos diferenciados dos cabelos dos adultos. Cabelos de meninas então nem se fala, conforme vai crescendo vai dando mais trabalho, as mamães de meninas já sabem. Por isso nesse post vamos falar especialmente dos cabelos das princesas pois, afinal de contas, dão mais trabalho mas ficam lindos quando bem cuidados.

Uma menina tomando banho em uma banheira e lavando os cabelos com bastante espuma.

Quando bebê, o cabelo da menina deve ser lavado somente com shampoo ou sabonete específico para bebês para evitar alergias, não tem necessidade de usar o condicionador.

Uma menina tomando banho e lavando o cabelo com bastante espuma

Leia o post: Como cuidar da pele dos bebês e crianças

https://jupaivabemestar.com/2019/04/13/cuidados-essenciais-com-a-pele-do-bebe-e-crianca/

Conforme o cabelinho vai crescendo, se a mãe notar que começa a ficar ressecado ou embaraçando, então usa também o condicionador e se necessário um creme de pentear.

Sempre dê preferência para os produtos próprios para crianças, pois eles possuem formulação especial, natural para cuidar do cabelo da criança que é diferente do adulto.

Tanto cabelo liso quanto os cacheados são finos e embaraçam com facilidade. Os lisos a ondulados são naturalmente mais hidratados e os cacheados tendem a ser ressecados. Porém não se preocupe com os cacheados pois, cuidando direitinho vai ficar super hidratado e maravilhoso.

Veja algumas dicas de cuidados

  • Cabelos lisos

Cabelo liso como já dito mais hidratado por natureza, porém precisa cuidar para não embaraçar ou levar ao ressecamento.

Uma menina com tranças no cabelo.
  • Cabelos ondulados

Cabelo ondulado tende a ser hidratado naturalmente, mas precisa cuidar para não ressecar.

Uma menina de cabelos encaracolados e ruivos com uma flor azul no cabelo.
  • Cabelos cacheados ou crespos

São naturalmente mais ressecados, devido a textura encaracolada os fios não produzem o óleo naturalmente. Mas não são todos, tem cachinhos que são nutridos naturalmente.

Uma menina de cabelo crespo, loiro  com uma flor rosa no cabelo.
Uma menina morena de cabelos cacheados castanho.

Lavar: a maneira de lavar pode ser igual para todos tipos de cabelos. Aplique na palma da mão uma quantidade pequena de shampoo e passe somente no couro cabeludo, massageie suavemente e a espuma pode ser passada no comprimento para as pontas, enxágue bem, não é necessário repetir.

  • Importante: não passe shampoo diretamente no comprimento dos fios pois pode levar ao ressecamento.

Hidratar: somente o condicionador é suficiente para passar em todos os tipos de cabelos até mais ou menos a idade de 5 anos. Após o enxágue do shampoo, tire o excesso de água apertando levemente com as mãos, aplique o condicionador do comprimento para as pontas, evitar a raiz. Deixe agir por alguns minutos, enxágue bem, não deixe produto no cabelo pois pode ressecar ou pesar nos fios.

Pentear: para pentear escolha um pente ou escova adequado para cada tipo de cabelo, para evitar de quebrar ou embaraçar. Se o cabelo tiver embaraçado utilize um creme de pentear para facilitar. Há creme de pentear que pode ser usado da raiz até as pontas e outros somente nas pontas. É importante esse detalhe para não deixar o cabelo com aspecto de sujo. Para os cabelos cacheados o creme de pentear vai facilitar muito e ainda evitar a quebra dos fios.

  • Importante: evitar ficar passando creme de pentear nos cabelos secos todos os dias, pois o acúmulo de resíduos (mesmo que seja produto mais natural) deixa o cabelo mais ressecado e sujo.
Uma menina de cabelo castanho e curto com espuma na cabeça.

Frequência de lavagem

Pode lavar todos os dias?

Não há contraindicações em lavar os cabelos todos os dias, vai depender da necessidade e do clima. Em dias mais quentes, na maioria das vezes é necessário lavar todos os dias, pois o suor deixa o couro cabeludo sujo e os fios ressecados. Em dias mais frescos ou frio, não precisa ser todo dia, pois o cabelo não suja tanto e a água morna tende a ressecar os fios.

  • Importante: não dormir com os cabelos molhados, em dias frios recomenda-se lavar em horários mais quentes.

Proteção contra raios solares

É necessário proteger os cabelos das meninas durante a exposição ao sol?

Sim, é sempre necessário proteger não somente contra os raios solares mas também da água da piscina e do mar, pois esses causam ressecamento e desbotamento dos fios. O protetor solar pode ser o de adulto mesmo.

Pode passar secador e/ou chapinha?

Primeiro tem que respeitar a sensibilidade da criança, depois, utilizar o secador somente em casos de necessidade de secar a cabelo rapidamente, pois como os fios são mais sensíveis, possivelmente o secador vai danificar os fios. A chapinha então nem se fala. É um aparelho que danifica muito os fios. Na minha opinião não deve usar chapinha nos cabelos das crianças, mesmo porque os cabelos cacheados ou ondulados são muito mais bonitos natural do que alisado.

Se precisar usar o secador passe um pouco de protetor térmico para essa finalidade.

Pode fazer hidratação?

A partir de três anos pode fazer hidratação mas somente com máscaras normais, sem química.

Gostou das dicas? Deixe um comentário e suas dicas também.