Publicado em Bebê, Ciúme, Criança, Maternidade

Ciúme do irmão mais novo: minha experiência e dicas de como lidar

A chegada do segundo filho deixa a rotina materna mais agitada pois, além dos trabalhos maternos duplicados, temos que lidar com um comportamento do filho mais velho chamado: ciúme do irmão mais novo.

O ciúme do irmão mais novo, geralmente acontece quando se tem dois filhos com pouca diferença de idade e exige cuidados e paciência para que o mais velho não se sinta deixado de lado.

 Irmão mais velho com ciúme do irmão mais novo

Quando nasce um irmão, é comum os pais e, principalmente a mãe, dedicar um pouco mais de seu tempo ao novo morador da casa, que necessita de muitos cuidados nesse primeiro momento. É aí que começam os problemas: o ciúme do irmão mais novo.

O irmão mais velho se vê de lado em relação ao outro e, apesar de muitas vezes não expressar em palavras, suas atitudes demonstram exatamente o que sente. O ciúme do irmão mais novo pode causar comportamentos que a criança já havia deixado de ter como: falar como um bebê, querer mamar no peito, dormir no berço dentre outras.

 

Irmão mais velha com ciúme

Leia também:

Brincando em casa: atividades lúdicas para as crianças

Minha Experiência 

Quando fiquei grávida do Lucas, o irmão mais novo, o Filipe tinha 2 anos. Conforme a barriga foi crescendo, o Filipe foi sendo preparado. Conversando com ele, brincando, dizendo que ele iria ter um irmãozinho, mas ele ainda não entendia muito bem. Quando o Lucas nasceu, ele foi me visitar no hospital, até ai tudo bem. Quando chegamos em casa ele começou com comportamentos como: querer ficar no carrinho, colo, tomar banho na banheira. Também me disse que era para eu devolver o bebê para o hospital, kkkkk.

Conforme o Lucas foi crescendo, o Filipe queria tudo o que ele tinha. Não queria dividir brinquedos, se a comida era colocada no potinho ele também queria. Conforme o irmão mais novo ia aprendendo a falar, o irmão mais velho queria imitar. Portanto ficava “falando igual criancinha”.

Como nós  procedemos

Com o passar do tempo o ciúme foi diminuindo, porém levou cerca de dois anos. Algumas coisas que ele queria fazer igual o irmão mais novo fazia, nós deixávamos. Por exemplo: queria tomar banho na banheira, tomava o banho na banheira. Queria colo, dávamos colo. Procedendo dessa forma, o irmão mais velho foi deixando de querer as coisas que o irmão mais novo fazia.

A questão da fala demorou um pouco mais para deixar de falar igual bebê. Na verdade, até hoje, de vez em quando, o irmão mais velho imita o irmão mais novo na fala. Como nós procedemos? Dizemos a ele que, o irmão mais novo fala daquela forma porque ele ainda não sabe falar direito, mas conforme ele vai crescendo ele vai aprender a falar igual o irmão mais velho.

 

ciúme do irmão mais novo

Leia também:

Gravidez: produtos necessários para os cuidados com a pele

Planejando a gravidez? Veja 10 cuidados necessários antes de engravidar

Palavra do profissional da saúde

Para a psicóloga e psicanalista Lidia Rosenberg Aratangy, o ciúme é mais do que normal e dele não há como escapar. “Vamos deixar claro que o irmão tem todo o direito de ter ciúmes. É um sentimento absolutamente esperado e natural. Imagine se um dia seu marido chega e lhe diz ‘vou trazer uma outra mulher para morar conosco. Ela vai deitar do outro lado da cama, vai brincar com suas coisas, mas não irá tomar o seu lugar. Eu vou continuar te amando da mesma maneira’. Os pais tendem a dizer mais ou menos isso na chegada de um irmãozinho. Dá para imaginar o que ele sente?”

Leia também:

Receita de mini pizza com chocolate: para as crianças fazerem na férias

 

 ciúme do irmão mais novo

 

Amenizando o ciúme

Para as mães que estão enfrentando esse problema, Lidia ensina como lidar com a situação de maneira mais leve:

  • Na hora de apresentar o irmão mais novo, não é preciso fazer grandes cerimônias, afinal o bebê já está sendo esperado e o assunto, comentado há tempos.

  • Envolva o irmão mais velho na rotina do recém-nascido. Esse envolvimento deve ser de verdade, ou seja, passe algumas tarefas que ele consiga fazer.

  • O ciúme faz parte da natureza humana. Tentar desqualificar o que a criança sente não é indicado. É importante que se fale sobre isso, inclusive, até para saber como a criança se sente.

  • Deixar o irmão mais velho perceber o quanto o bebê é frágil e, principalmente, um pouco “desinteressante” – ele não fala, não anda – é uma boa estratégia. Ou seja, é preciso realçar as vantagens que o irmão mais velho tem por ser maior.

  • Procure não exagerar nessa questão do ciúme e do sofrimento, pois, mesmo com os desafios, ter um irmão é muito bom. Filmes e contos sobre o tema podem ilustrar e ajudar a lidar.

  • É importantíssimo conseguir tempo para o irmão mais velho. Organize-se com o seu parceiro ou peça para outras pessoas da sua rede de apoio ficarem com o bebê para você poder fazer coisas que sempre fez com o maior.

 

ciúme do irmão mais novo

Leia também:

Cabelo de menina: como lavar e cuidar

Fonte:

https://www.natura.com.br/blog/familia/como-lidar-com-o-ciume-do-irmao-mais-novo?consultoria=jupaiva

Gostou das dicas? Deixe um comentário.

Um abraço e até logo!

Me siga no Instagram: @blog_da_jupaiva

 

Publicado em Atividades para crianças, Brincadeiras, Criança, Crianças, Férias Escolares

Brincando em casa: atividades lúdicas para as crianças

Com as crianças em casa nas férias escolares ou em dias de folga, hoje em dia a tendência é querer passar o tempo com os eletrônicos. Isso tanto as crianças quanto os adultos, pois para as crianças os eletrônicos são atrativos e para os adultos pode ser horas de sossego. Mas nesse texto vou enfatizar a importância das atividades lúdicas para as crianças em casa.

Atividades lúdicas para as crianças: Crianças brincando de amarelinha
Atividades lúdicas para as crianças: Crianças brincando de amarelinha

As atividades lúdicas têm o objetivo proporcionar diversão, descontração, passa tempo, são atividades sem intensão direta de ensinar, livres de regras e normas, não tem avaliação e nem competição. Porém a consequência é a aprendizagem.

Criança brincado em casa de pintar com os dedos
Criança brincado em casa de pintar com os dedos

As atividades lúdicas devem ser prazerosas, descontraídas, podem propor desafios e surpresas. Brincando em casa, os filhos aprendem por meio da interação social com os adultos e outra crianças e isso pode garantir que se tornem pessoas sociáveis, comunicativas, abertas a aprendizagem constante que a vida proporciona.

Atividades lúdicas para as crianças
Atividades lúdicas para as crianças

Segue abaixo uma lista de atividades lúdicas para as crianças que podemos desenvolver com elas em casa:

  • Fazer um piquenique dentro de portas ou no quintal.
  • Construir uma tenda, usando cadeiras, lençóis e mantas (essa é a preferida dos meus meninos
  • Pintar quadros ou na folha sulfite com os dedos
  • Um chá de bonecas
  • Uma festa com música e muitas danças divertidas
  • Brincar de casinha
  • Ler histórias de embalar
  • Brincar de professores
  • Fazer um livro de letras, cada letra tem direito a uma fotografia ou imagem recortada de uma revista
  • Ver álbuns de fotografias (essa também os meus meninos gostam)
  • Fazer um vídeo e vê-lo no final
  • Pintar com guache
  • Brincar com as bonecas
  • Brincar com carros de corrida
  • Jogar jogos de tabuleiro
  • Jogar dominó, bingo, outros
  • Colorir desenhos com giz de cera
  • Fazer uma caça ao tesouro (essa os meus meninos também gostam bastante)
  • Fazer uma receita (aqui no blog tem um post de receita de mini pizza)
  • Ver um filme e comer pipocas
  • Brincar com os vestidos.
  • Fazer um lancha saudável
  • Fazer chapéus de papel
  • Fazer uma corrida de obstáculos em casa
  • Brincar às escondidas
  • Fazer uma luta de bolas de neve usando meias
  • fazer planos e convites para uma festa
  • Construir um forte com caixas de cartão e fita-cola
  • Preparar a decoração de Natal
  • Fazer objetos com sulcatas como binóculos, foquetes (segue um exemplo na foto abaixo)
  • Encher uma pequena piscina na cozinha e deixar as crianças brincar em água quente.
  • Construir uma estrada no corredor da casa, criando as linhas brancas com fita-cola branca.
Atividades lúdicas: preencher figuras com bolinhas de papel
Atividades lúdicas: preencher figuras com bolinhas de papel

Enfim, esses são alguns exemplos fáceis, simples, com materiais que tem em casa mesmo, não precisa ser nada complexo.

Leia também:

https://jupaivabemestar.com/2019/07/15/receita-de-mini-pizza-com-chocolate-para-as-criancas-fazerem-na-ferias/

Selecionei algumas fotos de brincadeiras que nós fazemos juntos com meus filhos.

Deixe nos comentários suas dicas e sugestões de brincadeiras com as crianças em casa.

Um abraço e até breve!

Leia também:

https://jupaivabemestar.com/2019/04/22/cuidados-essenciais-com-a-pele-do-bebe-e-crianca/