Publicado em Bebê, Maternidade, Pele de Bebê, Recém-Nascido

Pele do recém-nascido: como cuidar

Cuidar da pele do recém-nascido requer alguns cuidados, porém não é uma tarefa difícil. Neste post vou falar sobre minha experiência com meus dois filhos e como deve ser o cuidado com a pele do recém-nascido.

Recém-nascido no colo da mãe

Os cursos de gestantes recomendam: nos primeiros 30 dias de vida do bebê, o “banho” íntimo deve ser feito exclusivamente com algodão e água, sem nenhum tipo de sabonete ou loção. É sempre recomendado poupar a pele delicada do recém-nascido, usando o mínimo de produtos, apenas para atender às necessidades de higiene e cuidado. Afinal, nessa fase, o recém-nascido está mais suscetível a algumas irritações ou alterações cutâneas, naturais da aclimatação.

Leia também: 

Planejando a gravidez? Veja 10 cuidados necessários antes de engravidar

Recém-nascido tomando banho

 

Portanto não precisa se preocupar em deixar o bebê cheiroso, passar condicionador ou hidratante. Na realidade não é necessário, pois nessa fase a pele do recém-nascido está passando por uma adaptação ao ambiente. É nessa fase que acontece as escamações da pele do recém-nascido porque está trocando de pele. O recomendado pelos pediatras é deixar isso acontecer ao natural.

No couro cabeludo também pode aparecer escamações e, portanto não deve passar nada, nem óleo vegetal. 

Leia também:

 

Cuidados essenciais com a pele do bebê e criança

  • Questão de pele 

Imagine crescer por nove meses em um ambiente líquido e, de repente, ter que viver em meio seco. Nascer é a primeira mudança radical que todos nós enfrentamos e a adaptação fora da barriga da mãe é um desafio. Da respiração à alimentação. E a pele também exige atenção especial, porque é ela que protege, mantém a hidratação e a temperatura do corpo. 

Recém-nascido tomando banho

Compare a sua pele com a do seu bebê e sinta a diferença nítida. Por mais que a sua pele seja bem cuidada, a dele é insuperável. Não é à toa que essa maciez se transformou em expressão popular e quando queremos destacar a suavidade e a delicadeza, apelamos ao adjetivo “bumbum de bebê”.

Pele de recém-nascio

Leia Também:

Ciúme do irmão mais novo: minha experiência e dicas de como lidar

  • Minha experiência:

A mudança de pele aconteceu igual no meus dois filhos e, o cuidado que eu tive, foi o mesmo. Desde o primeiro banho só utilizei o sabonete glicerinado, na cabeça e no corpo. Os meninos tiveram escamações da pele do corpo e da cabeça e, nesse caso, não passei produto nenhum, somente o banho com o sabonete. Conforme o tempo foi passando as escamações foram desaparecendo naturalmente.

Recém-nascido com a pele descamando

Leia também:

Gravidez: produtos necessários para os cuidados com a pele

Fonte:

https://www.natura.com.br/blog/mais-natura/como-cuidar-da-pele-do-recem-nascido?consultoria=jupaiva

Me conta sua experiência!

Me siga no Instagram: @blog_da_jupaiva

Autor:

Sou casada, mãe de dois meninos lindos. Gosto de cuidar do meu bem estar, minha saúde, meus cabelos, minha pele e da maternidade. Sou formada em Pedagogia e pós graduada em Gestão e Orientação Escolar. No momento estou cursando Administração e atuando na área de marketing digital. Escrever um blog sempre foi meu objetivo, desde a faculdade de pedagogia. Agora estou colocando esse plano em prática.

Deixe uma resposta